Henrique Queiroz Filho quer treinamento para lidar com crises do TEA em Pernambuco

O deputado estadual Henrique Queiroz Filho (PP) apresentou à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei Ordinária que visa garantir o treinamento de funcionários de locais com grande fluxo de pessoas para lidar com crises do Transtorno do Espectro Autista (TEA) em todo o Estado de Pernambuco.

O TEA, que afeta cerca de 2% da população mundial, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), pode ocasionar dificuldades na comunicação, interação social e comportamentos repetitivos, provocando crises em ambientes com grande estímulo sensorial.

O deputado ressalta a importância do projeto e chama a atenção da sociedade para dois males que as pessoas com TEA costumam enfrentar: a incompreensão e o preconceito.

“É fundamental que haja profissionais treinados para lidar com situações difíceis, visando garantir a segurança e o bem-estar de todos. É essencial, também, que as empresas estejam preparadas para acolher e dar suporte adequado às pessoas com TEA. Estamos falando de inclusão e de respeito aos direitos desses cidadãos”, destaca Henrique Queiroz Filho.

Números

Dados recentes apontam que, no Brasil, cerca de 2 milhões de pessoas foram diagnosticadas com TEA. Em Pernambuco, estima-se que mais de 50 mil indivíduos vivam com o transtorno.

“Espera-se que essa iniciativa contribua significativamente para a construção de uma sociedade mais inclusiva e empática em nosso Estado”, acrescenta Henrique Filho.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp