No Recife, Silvio Costa Filho anuncia leilão de portos para agosto

Durante uma visita técnica, realizada nesta sexta-feira (31), em Recife (PE), o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, anunciou o primeiro leilão de portos de 2024, previsto para ocorrer em agosto. Serão três leilões na B3, em São Paulo, totalizando cerca de R$ 60 milhões. As áreas leiloadas serão:

REC08 – Granel Sólido Vegetal (Malte, Trigo, Milho)
REC09 – Carga Geral e Granel Sólido (Arroz)
REC10 – Carga Geral e Granel Sólido (Barrilha)

A visita ao Porto do Recife teve como objetivo realizar uma inspeção técnica nas áreas que serão leiloadas e acompanhar o plano de investimentos previsto pela autoridade portuária. Importante ressaltar que o Porto do Recife registrou, até o primeiro quadrimestre, um aumento de 43% na movimentação portuária em comparação com o mesmo período de 2023.

“Nós já temos R$ 120 milhões assegurados para a dragagem do Porto do Recife, o que vai aumentar nosso calado e a competitividade do porto. Em agosto, faremos um leilão de três terminais, com investimentos na ordem de R$ 60 milhões, além das obras complementares,” destacou o ministro.

Costa Filho reforçou ainda que as melhorias fazem parte de um conjunto de medidas para impulsionar a economia e gerar mais emprego e renda para a população, resultado de um trabalho conjunto com o governo do estado e o Governo Federal.

“É o maior volume de investimentos nos últimos 20 anos no porto da cidade”, afirmou, destacando a expectativa pelo processo licitatório em setembro.

O presidente do Porto do Recife, Delmiro Gouveia, enfatizou a relevância das concessões para melhorar os serviços, como a dragagem dos rios, que permitirá a atracação de navios maiores, beneficiando também o turismo local.

“Há uma grande necessidade, principalmente no canal externo e na chegada dos navios. Isso vai possibilitar a atração de novas cargas e rotas comerciais,” esclareceu.

A vice-governadora de Pernambuco, Priscila Krause, reforçou que o Porto do Recife já teve uma ampliação de 43% na movimentação no ano passado.

“Esperamos que, com o leilão desses três galpões, possamos ter um incremento na movimentação de 25% a 30% aqui no Porto do Recife. O porto retoma assim um papel fundamental no desenvolvimento econômico do estado,” destacou.

Dragagem dos Canais e Infraestrutura

A conclusão do projeto de dragagem dos canais e infraestrutura do porto teve um valor estimado de R$ 120 milhões, dos quais R$ 30 milhões são previstos no PAC Leilões 2024.

Veja também:

Silvio Costa Filho vai ao RS e anuncia que Canoas terá mais voos e chegará a 70 semanais

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp