Ortopedistas da Rede de Retaguarda decidem não paralisar enquanto aguardam nova proposta da SES

Em uma reunião que contou com a participação expressiva dos médicos ortopedistas que atuam nos hospitais de retaguarda e filantrópicos da rede estadual de saúde de Pernambuco, profissionais decidiram, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que não irão paralisar os serviços enquanto aguardam novas propostas e dão continuidade às negociações com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). O encontro foi realizado com a categoria na sede do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), na noite de segunda-feira (29), sob o comando do presidente da entidade, Walber Steffano, e contou com a presença do diretor sindical Fernando Jr. e do advogado da Defensoria Médica do Simepe (DM), Diego Galdino.

Segundo o presidente do Simepe, Walber Steffano, a categoria percebeu, com certa razoabilidade, avanços nas negociações.

“ Essa foi uma reunião longa, mas que contou com a percepção dos colegas em alegarem avanços nas negociações. Esperamos que a SES tenha a sensibilidade necessária para garantir o funcionamento dos hospitais de retaguarda, atendendo ao pleito dos médicos ortopedistas”, destacou Walber Steffano.

Uma nova AGE está prevista para a próxima segunda-feira (06), no auditório do Simepe, onde a SES irá trazer uma nova proposta que será analisada pelos médicos. O Sindicato seguirá atento às negociações, reafirmando seu pleno compromisso de defesa da categoria.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp