Hospital Regional Dom Moura recebe visita conjunta do Simepe e Cremepe

Com o objetivo de verificar as condições de trabalho dos médicos e demais profissionais de saúde, bem como as condições da oferta de assistência de saúde à população de Garanhuns, no Agreste Pernambucano, o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) e o Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Cremepe), realizaram visitas em alguns equipamentos de saúde do município.

A equipe formada por membros das duas entidades médicas esteve no Hospital Regional Dom Moura (HRDM) quatro meses após outra fiscalização realizada na mesma unidade de saúde. O HRDM atende a população local, estimada em cerca de 180 mil habitantes, como também acolhe as demandas de 21 municípios da região.

Formavam a equipe de fiscalização a vice-presidente do Simepe, Ana Carolina Tabosa, o conselheiro do Cremepe, Heraldo Cordeiro, a delegada do Conselho, Patrícia Machado, e os agentes fiscais do Cremepe, Igor Freitas e Luiz Felipe.

Segundo a vice-presidente do Simepe, Ana Carolina Tabosa, diversas irregularidades foram constatadas na unidade de saúde, durante a fiscalização.

“Problemas como escala médica deficitária, estrutura física precária e equipamentos de monitoramento funcionando de forma inadequada estão entre algumas das diversas irregularidades encontradas no Dom Moura. A emergência pediátrica está lotada e ainda temos um déficit de desfibrilador na sala vermelha de pediatria. É muito difícil esta situação, principalmente agora diante da sazonalidade das doenças respiratórias. Seguiremos cobrando a gestão local e a gestão estadual para que promova um atendimento digno à população do Agreste”, destacou Ana Carolina.

Samu

Na tarde de quinta-feira (18), a equipe de fiscalização conjunta esteve na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Garanhuns. A estrutura física da base e as condições de conservação e a oferta de suporte nas unidades móveis foram os pontos de destaque da visita. Além disso, as escalas para os plantões e a oferta de medicamentos e insumos também foram vistoriados pelo grupo formado por membros do Simepe e do Cremepe.

O Simepe, seguindo sua pauta de defesa contínua da categoria, dará encaminhamento às cobranças por melhores condições de trabalho e de atendimento à população, enviando denúncias do que foi constatado nas visitas, às esferas competentes em busca de soluções imediatas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp