Yves lança projeto voltado às gestantes e puérperas do município

O prefeito do Paulista, Yves Ribeiro, lançou o Projeto Barriga Cheia, que visa apoiar integralmente adolescentes e jovens gestantes em situação de vulnerabilidade social. O evento aconteceu no Centro Administrativo, em Maranguape I.

A iniciativa faz parte do Programa Paulista + Social, da Secretaria de Políticas Sociais e Direitos Humanos, que envolve também os serviços que estão sendo lançados ao longo do mês de março, como o Projeto Família Acolhedora e o recém- inaugurado Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (POP). A ação é realizada juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a secretária de Políticas Sociais e Direitos Humanos, Kelly Tavares, a iniciativa irá desenvolver um acompanhamento a partir do primeiro mês de gestação até o puerpério, por meio de ações de acolhimento, prevenção e apoio no desenvolvimento social. O programa também envolve orientações e encaminhamentos para cursos profissionalizantes, cuidados com os filhos e sexualidade, dentre outros.

“Vamos viabilizar a garantia dos direitos para as mulheres gestantes que não têm o suporte familiar, apoio do pai da criança e não contam com estabilidade financeira adequada para garantir o mínimo para o bebê. Elas vão receber cestas básicas orientadas por nutricionistas para garantir uma alimentação saudável, ter um amparo psicológico, do serviço social receberão kits enxovais. As inscritas vão ser orientadas a ter um acompanhamento de pré-natal e serão beneficiadas com os serviços necessários da Secretaria de Saúde”, contou Kelly Tavares.

Para usufruir do serviço, é preciso atender a alguns critérios, como: ter idade entre 14 e 25 anos, em situação de vulnerabilidade social, possuir Número de Inscrição Social (NIS), ser munícipe do Paulista, estar disposta a participar das atividades, orientações e palestras, e realizar o acompanhamento pré-natal.

“É um projeto grandioso, porque almeja o futuro da nossa cidade. Eu fico muito emocionado, porque esse projeto fez parte da minha adolescência e nasceu na minha juventude. Muitas mulheres grávidas estavam em situação de vulnerabilidade social, porque estavam com a ‘barriga vazia’. E agora, com esse benefício, elas vão estar de ‘barriga cheia’, foi daí que partiu o nome desse projeto. Elas vão ter direito ao recebimento de cestas básicas com orientação do nutricionista para que as crianças nasçam com uma condição melhor de saúde, além de todo o suporte das secretarias de Políticas Sociais e de Saúde”, contou o prefeito do Paulista, Yves Ribeiro.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp