Prefeitura do Recife entrega Parque de Esculturas totalmente requalificado

Um dos museus a céu aberto mais importantes do país, o Parque de Esculturas Francisco Brennand, foi reaberto ao público nesta quinta-feira (21), após passar por uma grande requalificação. O acervo conta com cerca de 100 peças que condensam o pensamento artístico de Francisco Brennand, a partir de pesquisas universais do artista plástico sobre culturas, divindades e natureza. Com um investimento na ordem de R$ 9,5 milhões advindos de recursos da Prefeitura do Recife, o equipamento ganhou novo píer, banheiros, bicicletário e bancos, além de melhorias na estrutura física e restauro das peças de arte e integra o projeto Orla Parque.

“Hoje é um dia muito importante pra nossa cidade. A gente entrega o Parque completamente requalificado, restaurado. Aqui a gente está falando de uma obra de muita complexidade, porque é um restauro. A gente tem um artista, o Jobson, que fez o parque junto com o Francisco Brennand. E é a única pessoa autorizada a restaurar a obra de Francisco Brennand. Então nós fizemos restauro de peças existentes, fizemos recomposição de peças que foram quebradas ou que foram furtadas, e isso é um trabalho artístico, além de um trabalho estrutural de engenharia, recuperação de piso, construção de píer, instalação de rede elétrica”, explicou João Campos.

Com uma área total de 2,6 mil m², distribuídos linearmente em 500 metros, o Parque de Esculturas é um importante atrativo turístico da capital pernambucana e sua nova versão oferece melhor infraestrutura, mais conforto e segurança aos visitantes. Para isso, além de contar com banheiros, bancos, bicicletários, o local também terá guaritas de segurança com vigilância 24 horas, monitoramento por câmeras de segurança, bem como uma sede administrativa e iluminação cênica para ressaltar a beleza das esculturas e do local à noite. 

O parque funcionará de terça a sexta, das 10h às 17h, e sábado e domingo das 9h às 18h, com acesso gratuito. A chegada ao local deve ser feita, preferencialmente, pelo rio Capibaribe, através de catamarã ou pelo serviço de barqueiros que realizam a travessia do Marco Zero até o espaço. 

As obras, iniciadas em 2021, foram coordenadas e executadas pelo Gabinete de Projetos Especiais (GABPE), e também contaram com o trabalho da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). “A estrutura foi pensada garantindo acessibilidade e inclusão para todos os públicos e levando em conta a preservação e valorização da paisagem cultural existente. Dessa forma, foram adotadas estratégias de baixa interferência, respeitando os elementos históricos e culturais presentes do local”, disse Cinthia Mello, chefe do Gabinete de Projetos Especiais. 

Já para a artista Nara Figueiredo, que é esposa de Jobson Figueiredo, o sentimento, com a entrega do Parque, é de realização: “O dia de hoje se resume em paixão. Brennand deixou um trabalho maravilhoso. Agora o trabalho é de preservar o patrimônio, algo que vale a pena sempre. Agradeço ao prefeito João Campos e ao Gabinete de Projetos Especiais da Prefeitura do Recife”.

Restauro

O Instituto Oficina Francisco Brennand também fez parte deste processo.

“O restauro teve participação ativa de nossa equipe na orientação da reforma e tratamento do acervo, devolvendo o que foi tirado da cidade em um novo tipo de gestão engajada com o zelo neste espaço fundamental para a cultura e turismo da capital. Queremos que o Parque esteja ainda mais conectado com a Oficina Francisco Brennand, permitindo que o turista e o recifense conheçam a relação entre os equipamentos, fortalecendo o circuito que leva do Marco Zero ao nosso museu, na Várzea”, comemorou Marcos Baptista, presidente da Oficina Francisco Brennand.

E a filha de Francisco Brennand, Helena Viktória Brennand, contou que estava emocionada com a entrega do Parque.

“Meu pai era uma pessoa que, quando ele se entusiasmava por um projeto, ele não media esforços, então ele se apaixonou pelo molhe, ele se apaixonou por esses 300 metros, ele se dedicou de corpo e alma a todas essas esculturas, uma a uma. E ele dizia que criaria o seu paraíso mitológico, cheio de simbolismos, de crenças, de ídolos. Agradeço muito por essa entrega”, comentou Helena Brennand.

Durante os trabalhos, a área do molhe do Porto do Recife também foi requalificada, com o objetivo de melhorar o meio-fio e calçamento existentes, buscando aprimorar a infraestrutura e garantir a segurança dos visitantes. Também foi feita a reforma da casa de medidores, visando a adequação e modernização das instalações elétricas e hidráulicas, e a instalação de um sistema de biodigestor, que será responsável pelo tratamento e aproveitamento de resíduos orgânicos, contribuindo para a sustentabilidade e gestão ambiental do parque.

A gestão do equipamento será feita pelo Gabinete do Centro do Recife (Recentro). No local, também será possível realizar visitas guiadas por monitores bilíngues que passaram por treinamento junto com as equipes da Secretaria de Turismo e Lazer do Recife (SETUR-L), Programa Recentro e Gabinete de Projetos Especiais. A Setur-L fornecerá a folheteria de divulgação turística sobre o equipamento e a cidade. 

Para a chefe do Gabinete do Centro do Recife, Ana Paula Vilaça, o Parque de Esculturas tem grande relevância cultural e histórica, além de manter conexão direta com o Marco Zero e o Centro.

“Estamos muito felizes com a reabertura desse equipamento que é o cartão postal da nossa cidade. Com essa reestruturação, faremos a gestão do Parque e o controle de acesso gratuito, oferecendo visitas guiadas com monitores bilíngues e suporte com um centro administrativo no local. É muito importante para ativação do centro e ao mesmo tempo para prestarmos uma homenagem a este grande artista que foi Francisco Brennand”, afirmou Ana Paula Vilaça.

O ex-deputado federal Tadeu Alencar, atual Secretário-executivo do Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, disponibilizou emenda parlamentar para a concretização do projeto. “É um momento de glória, emoção e sentimento de pertencimento. Trata-se da restauração da dignidade cultural pernambucana. A imagem daqui é uma das que mais circulam no mundo, esse conjunto de obras maravilhoso, um verdadeiro museu a céu aberto”, disse ele no momento da entrega. 

CredPop

Crédito Popular do Recife (CredPop), programa de estímulo à geração de emprego, promoção da inclusão produtiva, do desenvolvimento sustentável e geração de renda no Recife, vai disponibilizar uma linha de crédito exclusiva para os barqueiros e fotógrafos, conhecidos como “Papparazzi do Marco Zero”, que atuam no bairro do Recife. A ação oferecerá um montante de R$ 1.000,00 para os barqueiros e R$ 500,00 para os fotógrafos, proporcionando uma oportunidade para impulsionar os negócios e investir nas atividades desses profissionais.

O pagamento do empréstimo será feito após 30 dias da liberação do valor, dividido em 20 parcelas mensais de R$ 50,00 para os barqueiros e de 10 parcelas de R$50,00 para os fotógrafos. O interessado que pagar as nove primeiras parcelas em dia terá a última quitada pela Prefeitura. 

Desfile

Durante a reinauguração do Parque de Esculturas, a Rush Praia, empresa pernambucana de moda praia, fez um desfile exclusivo com peças do acervo da coleção criada em 2017 em parceria com Francisco Brennand. Os modelos foram inspirados em um mural construído na oficina em 2012, em homenagem ao pai de Francisco, com figuras que representam plantas com folhas, flores e frutas, como cajus, além de formas geométricas com características orgânicas. Outra obra única que foi selecionada pelo artista para essa coleção se chama “o coqueiro”, datada de 1962. Com traços marcantes e cores vibrantes, “Coqueiro” nos transporta para um universo repleto de vida. Também houve um pocket show do sanfoneiro Beto Ortis, organizado pela Secretaria de Cultura municipal.

Orla parque

O Parque de Esculturas também faz parte do Projeto Orla Parque, lançado pela Prefeitura do Recife em setembro do ano passado, cujo objetivo é integrar Boa Viagem e Pina à Brasília Teimosa, totalizando 11 quilômetros de extensão, transformando-a num grande parque linear. 

Neste momento, na área de Brasília Teimosa, estão sendo feitas as requalificações dos dez quiosques situados na Avenida Brasí­lia Formosa e da sede da Associação Esportiva Cultural Sereias Teimosas. Recentemente, também foi iniciada a construção da primeira centralidade da orla: Porto Terra Nova.

Foto: Edson Holanda/Prefeitura do Recife

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp