Nada de Túlio Gadelha. PSOL reafirma candidatura de Dani Portela à PCR

Que Tulio Gadelha que nada! Em reunião realizada pelo Diretório Municipal do PSOL em Recife, foi definido, por unanimidade, dar mais um passo na consolidação da pré-candidatura da deputada estadual Dani Portela à prefeita do Recife. Ainda em 2023, o partido realizou o seu congresso interno, com amplo debate entre os filiados, nos quais foram postos os nomes da deputada e atual líder da oposição ao governo Raquel Lyra, e do vereador Ivan Moraes, para a disputa. O PSOL integra uma federação com a Rede, que tem o deputado federal Túlio Gadelha como candidato. O PSOL, no entanto, sustenta ter maioria no colegiado, o que dá prioridade à sigla na indicação do nome à PCR.

Durante a reunião, ocorrida na noite da terça-feira (20), por ampla maioria dos votantes, a legenda formalizou a indicação do nome da deputada Dani Portela para a disputa com o atual prefeito João Campos. O diretório também vai iniciar a construção de uma chapa proporcional que permita ao partido ampliar suas representações na Câmara Municipal do Recife.    

De acordo com o presidente municipal do PSOL, Thiago Carvalho, como o PSOL está federado com a Rede Sustentabilidade, a decisão da candidatura tem que ser tomada pelos dois partidos dentro da federação. Túlio Gadelha, deputado federal pela Rede, tem tentado se colocar  para a disputa, no entanto, de acordo com as regras estatutárias da federação, a Rede não tem mais do que 30% da federação no  Recife.

Diante desse quadro, a deputada Dani Portela só não é candidata se o PSOL, partido que detém 70% do quadro decisório da federação, se a legenda definir de forma diferente. No entanto, a partir da recente ratificação da pré-candidatura pelo diretório municipal da legenda, por unanimidade, essa posição está consolidada.  

“Em respeito à Rede, o próximo passo será reunir a federação para encaminhar nossa pré candidatura majoritária e começar o debate sobre a composição da chapa majoritária e proporcional. O PSOL Recife segue todos os ritos internos, de forma responsável e republicana, na construção de um programa popular e de esquerda para o Recife. Nosso partido representa uma alternativa política à cidade e vamos mostrar isso em nossa chapa proporcional e na candidatura da companheira Dani Portela” reafirma Thiago Carvalho.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O EDITOR
Márcio Didier

Márcio Didier é jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagens pelo Jornal do Comércio, Blog da Folha e assessoria de comunicação

ANUNCIE AQUI
Galeria de Imagens
Mande sua pauta e se cadastre
Enviar via WhatsApp